Educação Financeira: aprenda a organizar suas finanças em 5 passos

13 de setembro de 2018

A educação financeira faz parte da essência do cooperativismo. Foi a forma encontrada pelos precursores desse sistema para fugir os juros abusivos cobrado pelos bancos aos produtores rurais e comerciantes, no passado.

Hoje, as cooperativas trabalham de forma consciente na disponibilização do crédito para os seus associados, que é uma maneira de incentivá-los a organizar suas finanças antes de terem que recorrer aos empréstimos.

Mas como promover a educação financeira?

O primeiro passo é saber definir bem o quanto você recebe e o quanto você gasta, por isso, a primeira dica é:

1) Organize seus ganhos e gastos

Hoje, na internet, é possível encontrar dezenas de materiais para ajudá-lo a fazer a organização das suas receitas e despesas em uma planilha eletrônica. Mas se não é adepto às novas tecnologias, você pode fazer a organização dos seus ganhos e gastos em uma agenda ou caderno.

Ter uma visão macro da sua vida financeira o ajudará a planejar melhor os seus gastos e investimentos.

2) Economize

Cortar despesas dói. Mas, dói mais ainda não ter controle das suas despesas e chegar ao final do mês com excesso de contas à pagar.

Analise suas despesas fixas, como prestação da casa ou do carro, mensalidade escolar, aluguel, etc. Essas, geralmente não são negociáveis, por isso, analise também os custos variáveis, como conta de energia e de água, que mudam conforme o consumo. Com esse diagnóstico em mãos, faça planos de redução desses custos.

3) Invista

Faça um programa de investimentos. Se você não tem disciplina para poupar, invista em outras linhas que as cooperativas disponibilizam, como a cota capital, que já falamos aqui no blog ou no RDC, uma linha de investimento semelhante ao CDB dos bancos, mas com muito mais vantagens.

4) Substitua costumes

Se reeducar pressupõe a mudança de hábitos antigos. Por isso, substituir alguns costumes pode ser fundamental para você que deseja ter mais controle da sua vida financeira. Por exemplo, aproveite as promoções e cupons de desconto ao ir em cinemas, rede de fast food. Troque as saídas à noite para bares e restaurantes por um jantar em família em casa. Evite sair de carro para locais pertos da sua casa, use mais a bicicletas, transportes públicos, até mesmo aplicativos de transporte ou caronas. Levar seu almoço para o trabalho também ajuda a economizar. Adapte a sua rotina para esse novo momento.

5) Tenha um padrão de vida condizente com a sua realidade

Preste muita atenção nesta dica. Pois, adequar a sua vida à realidade financeira que você tem é fundamental para o seu sucesso financeiro, pois muitas pessoas não pensam o quanto gastar tudo ou mais do que se ganha pode ser prejudicial para o seu futuro. Viver de aparências tem um custo muito alto. O segredo da vida é aprender simplificar, inclusive os seus gastos. Ter um carrão luxuoso tem um custo muito alto, o seguro, IPVA e manutenção são muitas vezes bem mais caros do que o de um carro popular. Ter uma casa em condomínio fechado traz segurança, mas junto com esse benefício traz também um condomínio mais caro, uma manutenção mais onerosa do que de um prédio, que também é seguro, em uma região menos nobre. Essa mensagem tem uma conclusão simples: evite se endividar a qualquer custo!

Todas essas dicas devem estar atreladas a um planejamento financeiro. Lembre-se: a despesa é igual a unha, você deve sempre aparar, pois se não ele volta a crescer. E o planejamento vai possibilitar que você tenha uma visão macro de onde você está, o que deve fazer e onde você quer chegar. Só você pode saber onde você precisa mudar e quais são os seus objetivos financeiros.

Muitas cooperativas de crédito possuem programas que auxiliam seus associados na busca de uma qualidade de vida financeira melhor. Vale a pena verificar se na sua cooperativa há algum curso voltado para a área de educação financeira, ou até mesmo dicas de como economizar com taxas e tarifas.

Se você ainda não é um associado, clique aqui e saiba mais.

Posts Relacionados

Diferença entre empréstimo e financiamento

Qual a diferença entre empréstimos e financiamentos?

Saiba a diferença entre empréstimos e financiamentos para quando você precisar, fazer a melhor escolha.

Leia mais...

Faça Parte

SicoobCap Mais
Assine a nossa Newsletter

Assine a nossa Newsletter

Participe da nossa lista de newsletter para receber as últimas novidades e atualizações do nosso blog.

Integração - Mail2Easy PRO

Sua inscrição em nossa News foi feita com sucesso!

Pin It on Pinterest

Share This